segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Teoria do "Cinco S"

Agradecimento ao Professor de História
José de Araceli Alves
TEORIA DO CINCO S
Em administração, utilizamos um expediente importado lá do Oriente, mais precisamente do Japão pós-guerra, chamado de 5S. Este nome provém de cinco palavras japonesas iniciadas pela letra S: Seiri, Seiton, Seisou, Seiketsu e Shitsuke. Os cinco sensos constituem um sistema fundamental para harmonizar as interfaces entre os subsistemas produtivo-pessoal-comportamental, norteando-se na base para o trabalho de uma rotina diária. Praticar os 5S significa: - Seiri (senso de utilização): separar as coisas necessárias das desnecessárias; - Seiton (senso de organização): ordenar e identificar as coisas, facilitando encontrá-las quando desejado; - Seisou (senso de zelo): criar e manter um ambiente físico agradável; - Seiketsu (senso de higiene): cuidar da saúde física, mental e emocional de maneira preventiva; - Shitsuke (senso de disciplina): manter os resultados obtidos por meio da repetição e da prática. A aplicação dos 5S numa empresa deve ser efetuada com critérios, inclusive com supervisão técnica, dependendo do porte da empresa. Mas meu convite, neste instante, é para você praticar os 5S em sua vida pessoal.

Um comentário:

Deixe aqui seu comentário sobre esta postagem.